Terapia pelos livros: Sessão de Biblioterapia lança programação de junho; confira

Galeno Amorim, da Fundação Observatório do Livro e da Leitura, recebe, toda segunda, às 19h, um convidado especial para conversar sobre a terapia pelos livros, uma ciência que ganha cada vez mais adeptos no mundo todo.

As Sessões de Biblioterapia são o melhor conteúdo gratuito disponível sobre a terapia pelos livros. Os encontros são online e 100% gratuitos!

Na segunda, dia 14/06, a convidada é a Educadora e Biblioterapeuta Telma dos Santos.

Confira abaixo a programação das transmissões de junho, quais temas serão abordados e se programe para assistir às suas preferidas:

Para ser informado sobre os próximos programas, inscreva-se em: https://bit.ly/2-sessao-biblioterapia

Saiba mais sobre a terapia pelos livros

A terapia pelos livros – ou simplesmente Biblioterapia – existe desde a Antiguidade e já era praticada no Egito dos faraós, na Grécia e na Roma antigas. No início do século 20, com a comprovação científica dos resultados obtidos no tratamento dos feridos na Primeira Guerra, ela ganhou o status de Ciência.

Desde então, seu uso foi ampliado e a terapia pelos livros vem sendo largamente empregada em serviços públicos da área social, saúde e educação e em diversas partes do mundo.

Por uma razão simples: além do custo baixo, seus resultados são, comprovadamente, rápidos e eficazes.

O único efeito colateral observado em todos os lugares é o desejável aumento dos índices de leitura: pessoas que descobrem o prazer da leitura em qualquer tempo da vida não querem parar mais de ler.

Sobre o projeto

O Observatório do Livro e da Leitura é uma fundação de direito privado que, desde 1999, transforma vidas e impacta comunidades através dos livros.

Sua missão é empoderar pessoas pela leitura para, juntos, construir um mundo melhor. Fomentar as práticas sociais da leitura para desenvolver o indivíduo e a cidadania e tornar o mundo cada vez melhor.

O Observatório almeja, em 10 anos, ser uma referência na promoção e difusão de práticas sociais de leitura na Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

Compartilhar

Deixe um comentário

Seu email não será divulgado.Campos obrigatórios *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>