fbpx

Compartilhar

Um Sonho no Caroço do Abacate

 

Um manifesto contra sentimentos e emoções pré-concebidas – em especial – o preconceito contra judeus e negros. O autor traz à tona temas como a incapacidade de aceitação pela sociedade do que foge dos padrões sociais e culturais estabelecidos como “normais”. História discute fatos do cotidiano de todo jovem e que, segundo o próprio autor, não é propósito “dar lições”, mas simplesmente compartilhar experiências que fazem parte de suas lembranças pessoais.

A História

Mardo é um jovem apaixonado pela música. Está sempre faltando às aulas no colégio para ensaiar com a sua banda. Ao tocar em uma festa com seu conjunto musical, conhece Ana, uma jovem negra, estudante de arquitetura na FAU e militante esquerdista. Os dois se apaixonam e encontram na essência do amor as forças para lutar contra o preconceito. Para ficar juntos, irão enfrentar muitos obstáculos, como a resistência dos pais de Mardo em aceitar o filho com uma namorada negra.

 

 

Uma primeira versão foi um longa de 105 minutos editada só para festivas, exibida como Caminhos dos Sonhos, nos idiomas inglês e português, contando com a participação dos americanos Elliott Gould (MASH. Friends) e Talia Shire (Rocky, O Poderoso Chefão); lançou, também, Taís Araújo, Caio Blat, Mariana Ximenes e Edward Boggiss no cinema brasileiro. Da obra “Um Sonho no Caroço do Abacate” de Moacyr Scliar, e participou dos festivais de Gramado, Miami, Trieste e outros.

 

[]
1 Step 1
Quero apoiar esse Projeto!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Compartilhar