fbpx

Compartilhar

SOGIPA

logo-sogipa-ls-nogueira

A Sociedade de Ginástica de Porto Alegre é um dos grandes centros de formação de atletas do Brasil com tradição centenária. Pelos princípios da igualdade e da transparência em gestão, a SOGIPA vem se destacando no cenário esportivo nacional e internacional. Oferece treino e capacitação de forma gratuita em cerca de 20 modalidades. O auge dessa conquista ocorreu nas Olimpíadas do Rio de Janeiro com mérito para a judoca Mayra Aguiar e sua medalha de bronze.

Para dar continuidade a esse trabalho de formar e revelar talentos no esporte, a instituição precisa oferecer cada vez mais condições de treinamento. Por conta disso, necessita qualificar a equipe de profissionais, fornecer material e oportunizar o aprimoramento e desenvolvimento técnico e humano dos atletas. Nesse projeto, o foco é acolher 529 jovens de 12 a 19 anos para capacitação em atletismo, basquete, esgrima, futebol, ginástica artística, ginástica rítmica, judô, punhobol, tênis, tênis de mesa e voleibol.

Nossa parceira SOGIPA, instituição centenária de Porto Alegre, conta com a ajuda de empresas, via doação de IR, e treina uma das grandes promessas do atletismo mundial.

 


Mayra Aguiar e SOGIPA são destaques na noite de gala do Prêmio Brasil Olímpico
al_pbo2017_0779

A judoca Mayra Aguiar foi escolhida como “Melhor Atleta” de 2017 entre 51 modalidades na Décima Nona edição do prêmio. Duas vezes medalhista olímpica, Mayra começou o ano passado nada bem, enfrentando uma cirurgia no ombro. No entanto, encerrou como bicampeão mundial em Budapeste, na categoria meio-pesado.

 


Almir Júnior, a mais nova revelação, cresceu no Clube gaúcho e agora é destaque no Esporte Espetacular, da TV Globo. Confira:

 

 

 

Bicampeã mundial e medalhista olímpica, Mayra Aguiar, agradece a LS Nogueira
pelo apoio através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte

 

Outubro 2018

 

Judoca conquista medalha e diz que sua inspiração é Mayra Aguiar, da SOGIPA
Confira agora o vídeo com Mayra Aguiar e Duda sobre essa parceria:

 

Bronze, nos Jogos Olímpicos da Juventude, na Argentina, Eduarda Rosa Vaz quer repetir o caminho da judoca gaúcha, que já ganhou duas medalhas olímpicas. Duda também é do Sul, da cidade de Canoas, e diz que Mayra é sua amiga e ídolo no esporte.

Duda tem 17 anos, praticamente a mesma idade de quando a companheira de judô iniciou a carreira brilhante na SOGIPA, em Porto Alegre. Na categoria 78Kg, ela venceu a equatoriana Edith Ortiz com um ippon (hansokumake) e conquistou o bronze.

 

Outubro 2018

Represente o Brasil no Mundial de Tóquio em 2020 através da Lei de Incentivo ao Esporte

SOGIPA aguarda esse apoio e viabilizar projeto para a próxima olímpiada.

A meta está definida: Clube gaúcho planeja levar cinco atletas de duas modalidades esportivas e conquistar pelo menos duas medalhas em Tóquio. O projeto foi apresentado esta semana com a participação do campeão Lars Grael, superintendente do Comitê Brasileiro de Clubes, e patrocinadores. SOGIPA conta hoje com 60 atletas de alto rendimento no atletismo, esgrima, judô e ginástica artística. Nas últimas três olimpíadas, levou 12 profissionais e ganhou quatro medalhas de bronze com Tiago Camilo, Felipe Kitadai e Mayra Aguiar. Todas no Judô. No evento, Grael ressaltou incentivou os patrocinadores a seguirem acreditando no esporte e ressaltou a importância da SOGIPA no cenário nacional.

Já o gerente executivo de alto rendimento do Comitê, Sebastian Pereira, enfatizou: ‘A SOGIPA é um clube que incentiva o esporte e é fundamental para o desenvolvimento dos atletas no Brasil. Sem clubes como a SOGIPA, todo o sistema esportivo brasileiro não funcionaria’.

O PROJETO OLÍMPICO SOGIPA tem o patrocínio do Banrisul, Sabemi Empréstimos e Seguros, Grupo Herval, Kley Hertz, Protecães, Perto S.A., Portocred, Sponchiado Jardine, Solidus – em parceria com a LS NOGUEIRA.

 

 

Setembro 2018

Sogipa conquista a décima medalha em Mundiais de Judô
 

Érika Miranda já tem cinco medalhas em Mundiais

A Sociedade de Ginástica de Porto Alegre, parceira da LS Nogueira, fez história também do outro lado do mundo. Érika Miranda ficou com bronze na categoria meio-leve na competição que está sendo disputada em Baku, capital do Azerbaijão.

Daniel Cargnin, outro sogipano, acabou na quinta posição, mas seu desempenho foi considerado exemplar para um atleta de apenas 20 anos. Ele é uma das principais forças da nova geração do judô brasileiro. Mayra Aguiar também representou o Brasil em Baku, mas foi derrotada pela chinesa Zhenzhao Ma.

 

 

JULHO/2018

CONFIRMADO: Atleta da SOGIPA é uma das grandes promessas para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Almir Júnior, o terceiro melhor do planeta no atletismo, está entre os 250 atletas brasileiros que já estão se preparando para Mundial em 2020. O mato-grossense de 24 anos foi convidado a treinar no clube gaúcho ainda menino e é o resultado de parceria de anos entre a SOGIPA e a LS Nogueira com apoio de empresas através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

 

 

 

 

JANEIRO/2018

Confira a matéria do Globo Esporte sobre a SOGIPA, o sucesso do projeto e como é feita a preparação dos atletas.
Em 2017, Mayra Aguiar foi a primeira mulher brasileira a conquistar o bi campeonato mundial.

 

OUTUBRO/2017

O judô sogipano tem motivos de sobra para celebrar! Nosso judoca, Daniel Borges Cargnin
chegou ao lugar mais alto do pódio no Mundial Sub-21, em Zagreb.

22553098_1487318437974110_5575994981930163906_o

As equipes adultas de judô da SOGIPA têm patrocínio da Oi e Parmalat, por meio do Pró-Esporte/RS e do Governo do Rio Grande do Sul, do Banrisul, do Zaffari, BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, Lojas Pompéia e apoio Protecaes, Tordilho, Sponchido Jardine, Ifortix e SR Engenharia por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte e as equipes de base têm o apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que descentraliza recursos oriundos da Lei Pelé.

 

Atletas da SOGIPA no pódio com mais nove medalhas!!!

 Judô da SOGIPA continua mostrando força. Com o apoio das empresas, através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, a equipe conquistou duas medalhas de Ouro, três de Prata e quatro de Bronze no Troféu Brasil, em Minas Gerais, no ciclo olímpico até os Jogos de Tóquio em 2020.

Destaque para Milena Zaccani e Renan Nunes, no topo. Gabriel Alves, Aléxia Castilhos e Aíne Schmidt pela prata e Raphael Miaque, Erika Miranda, Daniel Borges e Gabrielle Gonzaga, no Bronze. Parabéns!!!

AGOSTO/2017

É OURO! É BICAMPEÃ MUNDIAL! É Mayra Aguiar! É SOGIPA! Parabéns sogipana!

Mayra Aguiar, in blue, of Brazil wins against Mami Umeki of Japan in the women's 78kg category final match during the World Judo Championships in Papp Laszlo Budapest Sports Arena in Budapest, Hungary, Friday, Sept. 1, 2017. (Tamas Kovacs/MTI via AP)

Mayra Aguiar, in blue, of Brazil wins against Mami Umeki of Japan in the women’s 78kg category final match during the World Judo Championships in Papp Laszlo Budapest Sports Arena in Budapest, Hungary, Friday, Sept. 1, 2017. (Tamas Kovacs/MTI via AP)

 

É BRONZE! A sogipana Erika Miranda venceu a atual campeã olímpica e conquistou a medalha de bronze no Campeonato Mundial de Judô, em Budapeste, na Hungria

21106382_1443314232374531_5078072011573845814_n

 

Anderson Henriques é medalha de prata no Meeting de Rhene na Alemanha

59809891Às vésperas do Mundial de Atletismo, que ocorre de 4 a 13 de agosto, em Londres, o sogipano Anderson Henriques sagrou-se medalha de prata no Meeting de Rhene, na Alemanha, nos 400m. Esta é a segunda medalha de Anderson neste ciclo de competições européias antes do mundial.

O sogipano segue para Londres para a etapa final da preparação do Campeonato Mundial, onde competirá na equipe brasileira dos 4x400m.

As equipes adultas de atletismo da SOGIPA têm patrocínio da Parmalat, por meio do Pró-Esporte/RS e do Governo do Rio Grande do Sul, do Zaffari, BRDE – Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, Lojas Pompéia e apoio Protecaes, Sponchido Jardine, Ifortix, Tordilho e SR Engenharia por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte e as equipes de base têm o apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que descentraliza recursos oriundos da Lei Pelé.

 

JUNHO/2017

Maria Portela luta na Rússia em busca do bicampeonato em Grand Slam
Judoca castilhense vai embalada após título de Grand Prix no mês passado

23311192

Pouco mais de um mês depois de conquistar o ouro na Geórgia, no Grand Prix de Tblisi, em abril, a judoca Maria Portela, nascida em Júlio de Castilhos e radicada em Santa Maria, busca mais uma vez o lugar mais alto do pódio. Desta vez, a Raçudinha tenta o seu segundo título de Grand Slam, que é uma competição com um peso maior que o Grand Prix. Neste domingo, Maria entra nos tatames da Rússia pelo Grand Slam de Ecaterimburgo.

Maria Portela conquista o ouro no Grand Prix de Judô na Geórgia

A judoca chegou com a delegação brasileira em solo russo na madrugada desta quinta-feira. O sorteio das chaves, quando a representante da região conhecerá sua primeira adversária, seria na madrugada desta sexta-feira. Já a competição começa neste sábado, mas Maria, que disputa na categoria até 70 kg, luta apenas no domingo. Caso seja campeã, a castilhense levará mil pontos no ranking mundial da Federação Internacional de Judô. Atualmente, ela é a 8ª colocada na categoria.

Após título na Georgia, Maria Portela sobe para o 5º lugar no ranking mundial de judô

Além da atleta de Santa Maria, outros 17 brasileiros compõem a delegação, inclusive, com a presença de medalhistas olímpicos, entre eles, Ketleyn Quadros, Rafaela Silva, Sarah Menezes e Rafael Silva, o Baby.

Retrospecto

No ano passado, a Raçudinha ficou com o bronze no Grand Prix de Havana, em Cuba, e a prata no Grand Slam de Baku, no Azerbaijão. Além disso, participou dos Jogos Olímpicos do Rio. Antes disso, os últimos títulos internacionais de Maria haviam sido em 2012. Naquele ano, ela ficou com o ouro no Pan-Americano, no Grand Prix de Abu Dhabi e no Grand Slam de Moscou.

Fonte: Diário de Santa Maria

 

ANDERSON HENRIQUES CONQUISTOU TRÊS MEDALHAS DE OURO
Caçapavano foi destaque no Campeonato Estadual de Atletismo (Foto: Divulgação/Sogipa)

Anderson-Henriques-conquistou-tr¬s-medalhas-de-ouro

A equipe de atletismo da Sogipa foi campeã do Campeonato Estadual Adulto de Atletismo, realizado na pista do clube, no final de semana, dias 13 e 14 de maio.

Segundo a Assessoria de Imprensa, os destaques da equipe sogipana foram Anderson Henriques e Saymon Hoffman. Anderson Henriques venceu as provas dos 200, 400 metros rasos e o revezamento 4x400m.Saymon venceu as provas de arremesso de peso e o lançamento do disco.

Além dos dois, a Federação Gáucha de Atletismo elegeu Pyetra Romero como destaque da competição. Ela sagrou-se vencedora das provas de salto em altura, 100m com barreiras e revezamento 4x100m, além da prata no salto triplo.

As equipes adultas de atletismo da Sogipa contam com patrocínio de Pompéia, Agiplan e apoio de Jackwall S.A, Sponchido Jardine, Ifortix e SR Engenharia por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte e as equipes da base com o apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que descentraliza recursos oriundos da Lei Pelé.

Fonte: Gazeta de Caçapava

 

Basquete: Equipes sub-14 e 17 do Caxias Basquete participam da Copa RS
Primeira etapa do campeonato ocorre neste sábado (20.05), na cidade de Santa Cruz do Sul

b.500.400.0.0...images.stories.basquete_190517

Após o início da participação no Campeonato Gaúcho, agora as categorias sub-14 e 17 do Caxias do Sul Basquete têm mais um compromisso na temporada. A Copa RS, que é dividida em três partes, começa neste sábado (20) em Santa Cruz do Sul.

Cada uma das equipes terá dois confrontos. O Caxias Basquete sub-14 enfrenta a Sogipa, às 11h, e Barão, às 15h. Já o time sub-17 joga contra Barão, às 14h, e Sogipa, às 16h40.

Além destas, também participam do campeonato Mauá, Corinthians, Sinodal, Grêmio Náutico União, Flyboys e Cestinha.

Fonte: Travinha Esportes

 

 

Compartilhar