fbpx

Compartilhar

Pestallozzi Anchieta

 

Descrição do projeto

 

Através dos atendimentos nas áreas de Neurologia, Fisioterapia e Fonoaudiologia, Psicologia e Assistência Social, a instituição pretende garantir que o publico alvo institucional, bem como toda a comunidade da região de sua abrangência tenha acesso a diagnóstico e tratamento de diversas modalidades, em especial atenção às pessoas com deficiência, interagindo e articulando o atendimento com as outras políticas inerentes a instituição, como Educação e Assistência Social.

O público alvo dentro do município de Anchieta possui uma cobertura mínima nestes serviços no que diz respeito ao SUS uma vez que tais profissionais são de grande custo para a rede municipal, ficando a disposição o referenciamento regional dos serviços e muitas vezes dificultando o acesso aos pacientes a tratamentos de extrema importância. Na Pestalozzi de Anchieta, o trabalho na área da saúde já é realizado de alguma forma em especial na área de fisioterapia, porém buscamos aprimorar a diversidade e a quantidade de atendimentos disponibilizados.

 

Objetivo Geral

 

Permitir que as pessoas com deficiência da área de abrangência do Município de Anchieta/ES e com encaminhamento pelo SUS (regulação do gestor local) alcancem uma melhor autonomia e participação efetiva nos projetos de vida pessoais e sociais, através de serviços de reabilitação/habilitação.

 

 

Objetivo Específicos

 

  • Oferecer atendimento de serviços de reabilitação/habilitação, diagnóstico diferencial, identificação e estimulação precoce com uma abordagem interdisciplinar à pessoa com deficiência abrangendo todo o ciclo de vida desde o nascimento até a fase adulta, através de equipe interdisciplinar composta por fisioterapeuta, fonoaudiólogos, neurologista, psicólogo e assistente social.
  • Realizar diagnostico precoce de deficiências através de consultas com especialistas, bem como o acompanhamento sistemático do usuário, possibilitando um melhor direcionamento de terapias de estimulação precoce que levem a uma redução significativa das sequelas de diversas enfermidades.
  • Ofertar uma estimulação precoce pautado na individualidade do usuário através do recebimento do máximo de estímulo favorecendo seu melhor potencial de desenvolvimento acompanhada sistematicamente por uma equipe multiprofissional a fim de superar as barreiras sociais, físicas e atitudinais.
  • Orientar as famílias, através dos atendimentos de profissional da assistência social, quanto aos aspectos específicos de adaptação do ambiente e rotina doméstica que possam ampliar a mobilidade, autonomia pessoal e familiar, bem como a inclusão escolar, social e/ou profissional.
  • Prover a instituição com equipamentos de Fisioterapia a fim de serem implantados na adequação e qualificação do espaço necessário para serviços de fisioterapia motora e respiratória pautado na individualidade do usuário e dialogando com suas necessidades de saúde, acadêmicas, domésticas e laborais no processo de reabilitação/habilitação.
  • Equipar a instituição com propício e acolhedor para que as referidas seções de terapia transcorram dentro dos princípios e diretrizes da psicologia moderna e suas regulamentações.

Prover a instituição de uma forma geral de mobiliário, climatizadores e equipamentos de informática (para repasse informações ao órgão gestor, conforme a Portaria MS 1550/2014) e que sejam capazes de auxiliar no trabalho terapêutico da equipe multidisciplinar com foco nos resultados das metas estabelecidas para este projeto de reabilitação/habilitação.

 

 

Justificativa e aplicabilidade do projeto

 

É de grande relevância o atendimento especializado a pessoa com deficiência, principalmente nas áreas de saúde e educação, onde tal demanda se apresenta mais evidente. Na Assistência Social, esse segmento, requer atenção profissional principalmente na garantia e conhecimento de seus direitos sociais, na manutenção dos vínculos familiares e comunitários e na acessibilidade.

Os serviços ligados à reabilitação e tratamento de distúrbios comportamentais ligados às pessoas com deficiência é precária no SUS em todo o Estado do Espírito Santo, e talvez no Brasil, devido à falta de estrutura e profissionais especializados para o atendimento.

Assim, há vinte e quatro anos a instituição vem realizando um trabalho comprometido com a qualidade, porém dentro de suas limitações orçamentárias, uma vez que não recebe contraprestação financeira do SUS através de sua produtividade.

 

[]
1 Step 1
Quero apoiar esse Projeto!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Compartilhar