fbpx

Compartilhar

Casa das Caldeiras

Associação Cultural Casa das Caldeiras
Espaço de dinâmicas artísticas e culturais, abertos aos processos, à pesquisas e à diversidade

capa-accc

A Casa das Caldeiras é uma construção fabril de alvenaria de tijolos, construída na década de 1920 para servir como geradora de energia às antigas Indústrias Matarazzo – IRFM. Tombada em 1986 pelo CONDEPHAAT como patrimônio histórico da cidade de São Paulo, foi restaurada e revitalizada no ano de 1999, dando início a uma nova ocupação ao espaço. Com suas três chaminés de mais de 30 metros de altura e suas caldeiras remanescentes, é, sem dúvida, um convite a fantasia e a celebração. Através da criação de sua Associação Cultural Casa das Caldeiras [ACCC] em 2005, uma organização da sociedade civil de interesse público e sem fins lucrativos, desenvolve projetos de ocupação artística e cultural pautados no desenvolvimento humano, no exercício da cidadania e na valorização do patrimônio.

Centro de fusão energética das artes, a ACCC é um terreno fértil para artistas, pesquisadores, a sociedade civil, instituições públicas e privadas e produz novas perspectivas de atuação e protagonismo sócio-cultural para a cidade e o país. Trabalhando em cooperação com diversas estruturas – organizações públicas e privadas, ONGs e produtores culturais, instâncias políticas internacionais e consulares, em rede, a ACCC desenvolve seus projetos conjuntamente com seus parceiros para valorizar e divulgar as diferentes formas de expressão.

comedoria

Os programas conduzidos pela Associação Cultural Casa das Caldeiras – ACCC desenvolve seus projetos conjuntamente com seus parceiros para valorizar e divulgar as diferente formas de expressão. Confira quais são os programas:

O Programa “OBRAS EM CONSTRUÇÃO” de residência artística e de acompanhamento à realização de projetos, valoriza o processo do artista no curso do desenvolvimento de sua obra com o território, tendo como temática, a dialética entre Arte e Patrimônio que a Casa das Caldeiras inspira e incita.

Respeito de Intercâmbio e difusão de ações sociais, onde os interlocutores se tornam responsáveis pelo intercâmbio cultural, pela produção artística no local, pelas intervenções com o território e diálogo com o patrimônio, propiciando a interação e participação do público e gerando reflexões sobre o contexto cultural.

TODODOMINGO – Iniciado em 2008, o programa TODODOMINGO é um fomentador extraordinário para a concepção e curadoria, com o planejamento e a produção de exposições, atividades lúdicas, espetáculos, performances, oficinas, ciclos de palestras e seminários, projeção de documentários independentes, pesquisa, rodas de conversas, documentação artística, cultural e monitoria sobre o patrimônio.

Sem-Título-1

A ocupação artística e cultural do espaço é feita dentro de um ambiente de diversidade, arte e cultura, envolvendo o público com uma programação que faz convergir e expõe as mais diferentes expressões, através de mostras, apresentações, performances, shows, arte, comportamento, lazer. Aos Domingos, de abril a novembro, a Casa das Caldeiras é ocupada pelo TODODOMINGO: exposição histórica sobre o edifício e o bairro, valorização da memória e do patrimônio, diversidade cultural, cidadania, das 16:00 às 20:00hs, entrada gratuita e censura livre.

O objetivo do projeto é estimular a produção artística, o lazer com conteúdo, diferentes encontros, o exercício da cidadania, a criação, a divulgação e difusão dos diferentes projetos, a troca entre público e artistas e principalmente a valorização dos processos.

Compartilhar