fbpx

Hospital da USP - FAEPA - LS Nogueira

Compartilhar

Hospital da USP - FAEPA

Ribeirão Preto – SP

A FAEPA (Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo) é uma Instituição com a finalidade especial de colaborar com o HCFMRP-USP, objetivando a implantação de mecanismos gerenciais e projetos que permitissem agilizar o aprimoramento da instituição hospitalar para ampliar e melhorar a assistência prestada à população.

Para o fortalecimento do SUS e o desenvolvimento das ciências da saúde, a FAEPA, aumentou a sua atuação em projetos direcionados à estruturação da rede de saúde em Ribeirão Preto e Região com ações direcionadas a atenção integral à saúde

No âmbito do HCFMRP-USP, a prioridade é a assistência de alta complexidade, contemplando transplantes, implantes, reabilitação, oncologia e outros procedimentos especiais. No final de 2018, a FAEPA contava com 2.903 empregados. O FAEPA, é responsável por 80% dos procedimentos de alta complexidade e por 43% de média complexidade em toda a Região de Ribeirão Preto, que abriga uma demanda aproximada de 4 milhões de habitantes.

Em 2018 pelo SUS:

  • Atendimentos / Consultas 572.479
  • Internações 34.529
  • Cirurgias 26.878
  • Partos 1.462
  • Exames 3.632.973

Total

  • Atendimentos / Consultas 618.982
  • Internações 35.418
  • Cirurgias 28.541
  • Partos 1.594
  • Exames 3.708.568

As receitas da FAEPA vinculadas aos serviços de atenção à saúde prestados aos usuários do SUS atingem mais de 81% do total das receitas operacionais.

Projetos 2020

PRONON

Coorte Dinâmica de Inclusão: Prevenção de Precisão em Oncologia

Esta iniciativa visa praticar procedimentos modernos e raros na clínica oncológica brasileira, comuns apenas no exterior, devido ao alto valor do processo. A técnica de identificar fatores hereditários que possam indicar pessoas com maior risco de desenvolver câncer, consegue modificar artifícios de prevenção e diagnóstico, garantindo maior assertividade e precisão nas análises clínicas dos tumores em potencial. O projeto tem uma equipe multidisciplinar de especialistas e pesquisadores brasileiros (e internacionais), a qual é formada por oncologistas, epidemiologistas, médicos de família e biologista.

Objetivos Clínicos e Sociais

  • Contribuir com o oferecimento gratuito de diagnóstico precoce do câncer.
  • Otimizar o tratamento oncológico para assegurar uma recuperação integral e ágil.
  • Incentivar a pesquisa clínica em oncologia para identificar padrões genéticos de risco.
  • Garantir acesso ao que existe de melhor e mais moderno em tratamento oncológico.
  • Estudar a diversidade genética para diagnosticar o câncer com maior assertividade e antecipação.

O projeto tem como missão estimular estudos para promover diagnóstico precoce e antecipar tratamentos oncológicos necessários. Reduzir o tempo de hospitalização e otimizar o processo curativo do paciente, também faz parte desta missão. Porque a iniciativa acredita que quando identificamos um tumor com a devida antecipação, a probabilidade de cura e reabilitação facilitada se torna extremamente maior.

Radioterapia de alta tecnologia como ferramenta de otimização
na assistência ao paciente SUS do HCFMRP-USP

Para combater a falta de acesso ao tratamento radioterápico, o projeto visa realizar aquisição de um acelerador linear com capacidade de executar a modalidade de tratamento SABR, considerada um recurso de alta tecnologia e confiabilidade, ele é recurso eficiente para tratar pessoas com tumores em diferentes situações clínicas. O propósito do projeto é fornecer tratamento gratuito, eficiente e humanizado, tudo baseado em técnicas modernas de radioterapia (IMRT e VMAT) e tecnologia de última geração, como a radioterapia tridimensional (RT3D). Além de proporcionar assistência oncológica e suporte médico integral, a iniciativa pretende reforçar e qualificar os tratamentos viabilizados pelo SUS, como também ampliar a rede que subsidia tratamento oncológico para quem tanto precisa.

A Missão do Projeto

  • Tornar-se um centro de referência para a realização do tratamento oncológico dentro do complexo hospitalar do Hospital das Clínicas da FMRP-USP.
  • Servir como centro de avaliação de tecnologias da saúde, em particular da SBAR, junto ao Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde (NATS / REBRATS / MS), para promover tratamento oncológico eficaz, humanizado, ágil e gratuito.

PRONAS

 Implantação do Centro Especializado em Reabilitação de Câncer de Cabeça e Pescoço

O projeto tem o propósito de implantar um centro especializado em oncologia e baseado em uma metodologia de processo terapêutico interdisciplinar. O foco desta ação é proporcionar a reabilitação integral e gratuita do paciente submetido ao tratamento do câncer de cabeça e pescoço, assim como de boca, laringe e faringe.

O objetivo social do projeto é oferecer especialidade oncológica na área de Fonoaudiologia e Odontologia, a iniciativa atua viabilizando restauração gratuita das funções de voz, da fala e da deglutição, após cirurgia, radioterapia e/ou quimioterapia, no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Para ampliar o tratamento oncológico e possibilitar mais reabilitação, o projeto tem a missão de aumentar as ações médicas, já realizadas pelo complexo hospitalar do HCFMRP-USP, como também, implementar novas modalidades terapêuticas. Sendo assim, será possível assegurar uma continuidade eficiente e humanizada de todos os processos de reabilitação integral dos pacientes.

Notícias do Projeto

[]
1 Step 1
Quero apoiar esse Projeto!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right