fbpx

Fundação Banco de Olhos de Goiás | FUMCAD - LS Nogueira

Compartilhar

Fundação Banco de Olhos de Goiás | FUMCAD

Goiânia – Goiás

A Fundação Banco de Olhos de Goiás (Fubog) é uma entidade filantrópica humanitária e sem fins lucrativos. Realiza consultas médicas, exames e cirurgias oftalmológicas nas suas duas unidades de atendimento (Hospital da Fundação Banco de Olhos de Goiás e Instituto Latino-Americano de Oftalmopediatria), nas quais trabalha com profissionais renomados e equipamentos modernos da medicina oftalmológica. Os atendimentos realizados pela Fundação são 85% feitos por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

A Fubog tem plantão 24 horas para atendimentos de emergência e a Fundação já realizou quase TRÊS milhões de atendimentos médicos desde a sua inauguração, 450 mil exames, 176 mil cirurgias de cataratas e quase 10 mil transplantes de córneas.

PROJETO VISÃO – UM NOVO FUTURO

O projeto Visão – Um novo futuro para crianças e adolescentes de Morrinhos visa levar atendimento oftalmológico e a entrega de óculos aos alunos que necessitarem e estiverem matriculados nas 24 escolas em Morrinhos – GO.

O objetivo é realizar atendimentos oftalmológicos e doação de óculos em todos os alunos matriculados nas Redes Estadual e Municipal de Educação do Estado de Goiás de 0 a 18 anos. Isso significa cerca 150 mil consultas oftalmológicas e a doação de 100 mil óculos. Assim que realizarem os exames e testes, os mesmos deverão ser encaminhados a Fundação Banco de Olhos, conforme descrito na cartilha.

Onde serão digitalizados e selecionados os alunos reprovados nos exames para realização das consultas. Os alunos selecionados para a consulta receberão atendimento nos municípios sedes.

De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, cerca de 20% dos alunos necessitam de óculos, sendo que 5% apresentam menos de 50% da visão normal sem correção. A deficiência na visão, além de ser uma questão prejudicial à qualidade de vida, constitui fator decisivo para a evasão e repetência escolar.

O Ministério da Saúde estima que 30% das crianças em idade escolar apresentam alguma deficiência oftalmológica (erros de refração, ambliopia, conjuntivite, estrabismo, sequela de acidente ocular, malformação congênita etc.) e 100% dos adultos acima dos 40 anos apresentam algum problema com a visão.

No Brasil, segundo dados do IBGE, existem pelo menos 24,6 milhões de pessoas com alguma deficiência, sendo que 16,6 milhões (quase 70%) têm limitações visuais, são cegos ou possuem baixa visão. A deficiência visual concentra o maior número de portadores de necessidades especiais no Brasil e o último levantamento do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) mostra que 60% dos casos de cegueira poderiam ser evitados e 20% revertidos.

[]
1 Step 1
Quero apoiar esse Projeto!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right