Esportes Paraolímpicos

Lei de incentivo: LIE – Federal

Instituto Athlon

Lei de incentivo: PRO-MAC – São Paulo

0
ATLETAS PARTICIPANTES
0
MODALIDADES: VÔLEI SENTADO E GOALBALL
0
ATLETAS CONVOCADOS PARA AS PARAOLIMPIADAS 2020

INSTITUTO ATHLON busca viabilizar e manter as equipes de Goalball e de Vôlei Sentado para pessoas com deficiências, possibilitando a prática do esporte em alto rendimento, por meio de disputa em campeonatos oficiais de São Paulo e de todo o Brasil, proporcionando que 32 participantes tenham a oportunidade de se tornarem atletas de alto nível.

Esse projeto visa custear todas as despesas relacionadas aos atletas com deficiências, seja por meio de uma Bolsa Atleta (suporte financeiro) ou por intermédio da entrega de equipamentos técnicos e material esportivo. O objetivo dessa iniciativa é preservar, ampliar e melhorar todo sistema de subsídios que os atletas precisam, seja dentro ou fora do instituto.

Vôlei Sentado – ParaVolley

Com as mesmas regras do vôlei convencional, no Vôlei Sentado, ou ParaVolley, podem competir homens e mulheres que possuam alguma deficiência física ou relacionada ao exercício de locomoção. O Vôlei Sentado recebe seis jogadores em cada time, divididos por uma rede com altura de 1,15m metro para a modalidade masculina e 1,05m para a feminina, em uma quadra de 10m de comprimento por 6m de largura.

Os sets têm 25 pontos corridos e o Tie-Break têm 15. Ganha a partida a equipe que vencer três sets. É permitido bloqueio de saque, mas os jogadores devem manter o contato com o solo o tempo todo, exceto em deslocamentos. Nas Paralimpíadas Rio 2016 a Seleção Brasileira Feminina conquistou a medalha de Bronze.

Goalball

Desenvolvido especificamente para deficientes visuais, o Goalball é o único esporte paralímpico não adaptado. Foi criado em 1946, pelo austríaco Hanz Lorezen e o alemão Sepp Reindle, que tinham como propósito reabilitar e socializar os veteranos da Segunda Guerra Mundial que ficaram cegos.

Uma partida de Goalball acontece entre duas equipes compostas por três atletas vendados em cada uma. O objetivo da disputa é realizar o maior número de gols possíveis. Durante o jogo os atletas praticam arremessos, defesas e bloqueios táticos. Para o lance ser considerado válido, a bola arremessada deve tocar áreas específicas da quadra.

O Goalball é um esporte baseado na percepção tátil e principalmente fundamentado na auditiva, por isso não pode haver barulho enquanto a bola está em jogo. Uma partida tem dois tempos de 12 minutos cada e ganha a equipe que fizer mais gols.  No entanto, o jogo pode ser encerrado a qualquer momento, caso uma equipe alcance a diferença de dez gols no placar. É permitida a participação de todo atleta B1, B2 e B3.

As seguintes empresas acreditam e apoiam esse projeto:
Colaborando com esse projeto, sua empresa contribui com os seguintes objetivos de desenvolvimento sustentáveis propostos pela ONU: