Compartilhar

Bloco Filhas da Lua

Criado em 2017 pelas três amigas Dani Tereza, Fe Assef e Ju Matheus, o Filhas da Lua é um coletivo e bloco de carnaval feminino que nasceu com o objetivo de aumentar o protagonismo da mulher no cenário da música e do entretenimento

Desde o ano da sua fundação, o bloco vem recebendo novas integrantes todos os anos e hoje é formado por mulheres dos mais diversos corpos, origens, raças, idades e orientações sexuais.

Como coletivo, o Filhas da Lua é hoje uma rede de apoio para mulheres em questões sociais, emocionais e econômicas. Como bloco de carnaval, é uma apoteose da ocupação feminina das ruas, uma ode à liberdade individual e coletiva da mulher.

Seu cortejo acontece no bairro do Bixiga (centro de São Paulo) e conta com mestras, bateria, harmonia e corpo de baile compostos 100% por mulheres.

Comunicar, através da música   e da dança, mensagens sobre igualdade  de gênero e empoderamento feminino.

As letras das músicas e as coreografias trazem temas como luta por igualdade de direitos, liberdade de expressão feminina e combate ao assédio e à violência doméstica, em ritmos   de samba, funk e marchinhas carnavalescas.

O repertório também inclui outros ritmos de referência da cultura brasileira, como ijexá, afoxé e toadas de Bumba meu Boi do Maranhão.

Objetivo: Promover o aumento da participação e do protagonismo de mulheres no  Carnaval paulistano e  fortalecer a  rede  de  integrantes do  Bloco Filhas da Lua,  através de  conjunto  de  ações direcionadas  à  mulheres,  para   inclusão, formação, capacitação, reflexão e desenvolvimento de habilidades em música  e dança, que resultarão em duas apresentações gratuitas, em formato de cortejos, abertas ao público de moradores e visitantes da cidade,  durante o Carnaval de São Paulo, no bairro do Bixiga, em São Paulo.

  • Formação de 7 mulheres como  chefes dos  naipes (uma por naipe), que  são os instrumentos musicais que  compõe o Bloco
  • Capacitação em dança para  30  mulheres (sendo 6 delas bolsistas sociais) em  4 modalidades de  dança
  • 11 oficinas (sendo 7 de bateria e 4 de dança), gratuitas, ao longo de 1 mês.
  • As 7 oficinas de bateria, serão referentes aos 7 naipes e abordarão a introdução e técnicas gerais sobre os instrumentos
  • As 4 oficinas de dança serão sobre as 4 modalidades já presentes no repertório musical oficial do Bloco e do corpo  de baile
  • Realização de 46 ensaios gratuitos, ao longo de 6 meses. Os  bairros  previstos  para   realização  dos  ensaios  são  Bela  Vista, Perus, Brás, Lapa, Butantã e Bom Retiro.
  • 2 cortejos  do   Bloco  Filhas  da   Lua,  abertos  ao   público,  na Escadaria do  Bixiga, bairro  Bela Vista,  com  a  participação da bateria e corpo  de  baile, no pré  e pós  Carnaval de  São  Paulo  – datas a definir de acordo com o calendário oficial.
  • 2 palestras ministradas para  até 200  mulheres no Theatro São Pedro (Bom Retiro).
  • 20  bolsas sociais  para  formação em  música  e dança de  mulheres  negras, residentes em bairros  da periferia  ou em situação de vulnerabilidade social.
  • 4 músicas autorais do Bloco produzidas e registradas profissionalmente em material  audiovisual.
  • 2 cortejos públicos do Bloco com direito  a coberturas fotográficas e filmagens
reprodução: Filhas da Lua
[]
1 Step 1
Quero apoiar esse Projeto!
Informe os seus dados para realizarmos o atendimento
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Compartilhar

Iniciar Conversa
Olá! Posso ajudar?