fbpx

O Governo Federal, permite uma destinação de cerca de 9% DO IMPOSTO DE RENDA – PJ, para que as empresas que tributam pelo Lucro Real, possam investir em Projetos Sociais, Culturais e Esportivos. Havendo ainda, a possibilidade de retorno financeiro e redução da carga tributária, com parte do imposto investido (Lei do Audiovisual).

Além de contribuir socialmente, a EMPRESA divulga a sua marca, enaltece o seu compromisso com a responsabilidade social perante os seus clientes e ao invés de mandar para o governo, investe em seu entorno, ou seja, são ações inteiramente realizadas com o dinheiro de imposto que iria para o governo.

A Lei permite que dos 9% renunciados do Imposto de Renda PJ, vocês destinem 1% para a Lei do Câncer, 1% para a Lei da Mobilidade Física, 1% para a Lei do Idoso, 1% para a Lei da Criança e do Adolescente, 1% para a Lei do Esporte e 4% para a Lei da Cultura (Rouanet ou Audiovisual). 

Qualquer empresa que tribute pelo Lucro Real, possui o Direito Legal de realizar essas destinações, respeitando os tetos dos percentuais permitidos de cada Lei, com ou sem a nossa parceria. A vantagem de realizar os aportes por intermédio da LS Nogueira, é a total certeza de que todo o processo funcionará com excelência, sendo a única preocupação do Patrocinador, a de escolher os Projetos que estejam alinhados à política da Empresa, o resto é com a gente.

A LS Nogueira acompanha e envia todos os feedbacks da trajetória dos projetos ao Patrocinador, cobra os recibos aos Proponentes e auxilia o Patrocinador em todo o processo: Antes, durante e depois que o projeto ocorre. Além disso, auxiliamos no processo contábil, quando necessário e trabalhamos fortemente na divulgação da marca da Empresa patrocinadora – em nosso site, mídias e mailings. Vale ressaltar que prestamos esse serviço, SEM CUSTO ALGUM PARA A EMPRESA, sendo a nossa remuneração, advinda da verba prevista para o captador, existente nos projetos apresentados aos seus ministérios.

O papel da LS NOGUEIRA, é explicar como utilizar os benefícios das Leis de Incentivos Fiscais, bem como levar informações contábeis, fiscais e jurídicas e também os projetos disponíveis, demonstrando como funcionam na prática, além das demais informações citadas na pergunta acima.

Não. Esse processo é livre de qualquer custo e todo o valor destinado vem de parte do Imposto de Renda, que seria pago diretamente ao Governo. Isso vale para a parceria com a LS Nogueira. De fato não cobramos absolutamente nada de vocês, por todo o auxílio que prestamos.

Lembrando que os aportes nos projetos aprovados precisam ocorrer dentro do ano fiscal, ou seja, até o último dia útil de 2018. Melhor, que ocorram até 20/12/2018.