Imposto

O Brasil tem SIM o que comemorar no Dia Internacional do Idoso

A longevidade aumentou no país, novas leis foram criadas para proteção e conforto, ampliaram-se os grupos de terceira idade, criaram-se faculdades específica para este público. Centenas de cidades brasileiras instituíram o Conselho Municipal do Idoso e o Fundo do Idoso, para angariar recursos destinados a projetos de amparo e assistência. Que as famílias os amem e respeitem. Que a sociedade os protejam!!! Você conhece Dona Aparecida? Ela vive na Casa do Vovô, em Ribeirão Preto, ao lado do marido Gregório. Estamos falando de um exemplo de amor ao próximo e paixão pela vida. Aos 71 anos, dona Cida Marcone está à frente de seu tempo. Adora brincos grandes, usa dread no cabelo e está sempre ativa. Ela vive com o marido em uma das instituições apoiadas pela Lei do Idoso através da LS Nogueira. ...

Sogipa conquista a décima medalha em Mundiais de Judô

Érika Miranda já tem cinco medalhas em Mundiais A Sociedade de Ginástica de Porto Alegre, parceira da LS Nogueira, fez história também do outro lado do mundo. Érika Miranda ficou com bronze na categoria meio-leve na competição que está sendo disputada em Baku, capital do Azerbaijão. Daniel Cargnin, outro sogipano, acabou na quinta posição, mas seu desempenho foi considerado exemplar para um atleta de apenas 20 anos. Ele é uma das principais forças da nova geração do judô brasileiro. Mayra Aguiar também representou o Brasil em Baku, mas foi derrotada pela chinesa Zhenzhao Ma.

Diretor de Responsabilidade Social do HCB declara sobre a Lei do Idoso: “Só dessa fonte, é possível custear o tratamento de TODOS os pacientes com mais de 60 anos”.

É por isso que a LS Nogueira tem orgulho de ser uma importante parceira do “Hospital do Amor” na captação de recursos da Lei do Idoso. Através de empresas/parceiras, conseguimos intermediar a destinação de recursos em impostos para atendimento, tratamento e todos os cuidados que cercam as pessoas com câncer que tenham mais de 60 anos nas unidades do HCB. Para se ter uma ideia, através desse trabalho, somente nos últimos 12 meses, foi possível realizar grande parte dos 1.113.987 procedimentos necessários para essa faixa etária de pacientes. Como diz Henrique Moraes Prata: Esse número poderia ser bem maior: “Só 20% das empresas que fazem apuração pelo lucro real (instrumento pelo qual é possível obter isenções) doam no País. E das pessoas físicas que fazem declaração completa do Imposto de R...

CONFIRMADO: Atleta da SOGIPA é uma das grandes promessas para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Almir Júnior, o terceiro melhor do planeta no atletismo, está entre os 250 atletas brasileiros que já estão se preparando para Mundial em 2020. O mato-grossense de 24 anos foi convidado a treinar no clube gaúcho ainda menino e é o resultado de parceria de anos entre a SOGIPA e a LS Nogueira com apoio de empresas através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

Brasil Diverso anuncia importantes parcerias durante evento da Revista Raça em SP com a jornalista Glória Maria

  No último dia 20 de julho, o Projeto Forum Brasil Diverso (clique aqui e confira o projeto) reuniu uma seleta plateia para comunicar o apoio da Tribal WorldWide, uma das maiores agências de publicidade do Brasil, e da ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing na realização do projeto que visa a inclusão, diversidade e equidade. Na ocasião, recebeu a Jornalista Glória Maria juntamente com a Jornalista Flávia Cirino. Ambas abordaram o tema “Mulher Negra e o jornalismo brasileiro”. Glória Maria definiu dessa forma: “Eu sou de família pobre e sofri muito com o racismo nestes 40 anos de TV. Não acredito que seja educação o problema, mas sim ignorância das pessoas em relação a raças e gênero”.  

Executivo da Bayer, apoiador do Projeto Brasil Diverso, defende inclusão e diversidade nas empresas e garante: “É um bom negócio”

  Sempre que pode, Theo Van Der Loo está presente nas palestras e apresentações do projeto Brasil Diverso, em captação pela Lei Rouanet, (confira no link) defendendo a contratação de negros e minorias por empresas de todos os portes. “Com essa decisão, você vai conquistar as pessoas, os empregados e a sociedade porque estará fazendo o justo, o correto”, declara o CEO. Fonte: UOL

Torcedores Brasileiros visitam crianças com câncer na Rússia como “Doutores Da Alegria”

  De verde e amarelo, grupo levou presentes e brincou com os pequenos pacientes de hospital público de Samara. Caracterizados como se apresentam dois projetos importantes da nossa grade de Lei Rouanet (Doutores da Alegria e Olhar de Palhaço), os brasileiros aproveitaram o intervalo entre um jogo e outros para “fazer o bem” do outro lado do mundo. Essa atitude prova que a solidariedade e a ação social podem ser feitas em todos os lugares e em qualquer momento. “Fizemos de coração, por amor”, afirmou um dos integrantes do grupo. Já vencemos a Copa na Rússia!!!     Fonte:Terra

Brasil é o pior país em retorno de impostos para a população. Mas você pode mudar isso!!!

Arrecadação federal de tributos aumentou em maio e passou de R$ 105 bilhões. No entanto, de acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, entre os 30 países que mais arrecadam no mundo, o Brasil é o pior em retorno de impostos em serviços públicos de qualidade. Segundo o IBPT, em oito anos de estudo sobre o assunto, não há mudança na forma de distribuição do que é arrecadado. Por custear a máquina pública, setores essenciais ficam com menos recursos. Um exemplo: De 2015 até este ano, a redução foi de 36% nos valores federais para a educação básica. Com esse cenário, fica claro e urgente a utilização de impostos destinados pelos próprios contribuintes para projetos que ajudam diretamente a população brasileira. Por meio das Leis de Incentivo Fiscal, é permitido...

LS Nogueira ajuda o Brasil a ser campeão do mundo de futebol e, em cima da Argentina

O baiano Gledson da Paixão Barros é um dos integrantes da Seleção e foi preparado pela Associação de Pais, Amigos E Deficientes Visuais de São Bernardo do Campo – APADV SBC, parceira da LS Nogueira, na captação de recursos via Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

ATENÇÃO PARA O ALERTA DO CBC

Presidente Michel Temer edita Medida Provisória que transfere recursos do Esporte para a Segurança Pública. “O Esporte é hoje a política pública que mais contribui para retirar da rua crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, impactando significativamente na redução das desigualdades sociais. Estudos da ONU comprovam a importância do Esporte como fator de desenvolvimento humano e da busca pela paz, reduzindo diretamente os gastos das áreas de saúde e segurança pública, além de muitos outros de forma indireta”. A notícia preocupa diversos setores do esporte, tanto de alto rendimento quanto o escolar e universitário. O Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, estima que o repasse para sua pasta, com essa medida, chegará a R$ 800 milhões. Em nota, o Comitê Brasileiro de Cl...

Grandes empresas apoiam iniciativas em Responsabilidade Social e realizam projetos em benefício aos brasileiros

Exclusivo: Dirigentes de grandes grupos empresariais falam sobre a importância em atuar em várias frentes na ação do bem. A matriz do Grupo Patrus Transportes está em Contagem (MG), mas funcionam cerca de 75 unidades com milhares de funcionários. São 45 anos de trabalho e de colaboração para o desenvolvimento econômico do país. Nesse tempo, as ações de ajuda ao próximo, inclusive dentro da grande equipe de colaboradores, foram se aprimorando. Segundo Olga Mendes, assistente social e responsável pelos projetos realizados pelo grupo, foi criado o Instituto Marum Patrus, com a missão de investir na solidariedade também no entorno das unidades. “Um dos nossos objetivos é promover a capacitação profissional, a geração de renda, principalmente dos jovens”, diz Olga Mendes. Além de contratar cent...

Mais de 10 mil pessoas participaram da “Corrida e Caminhada pela Inclusão Olga Kos”

A quarta edição do evento foi realizada no Pacaembu no Dia Internacional da Síndrome de Down, em 21 de Março. O projeto foi motivo de festa para os participantes, já que o objetivo principal é integrar num mesmo evento pessoas com deficiências ou não, de diferentes regiões de São Paulo. Parte dos inscritos é destinada a moradores de regiões de vulnerabilidade social, beneficiários da assistência prestada pelo Instituto Olga Kos. O percurso teve início na Praça Charles Miller e avançou pelas principais ruas da região do Estádio. O circuito estava de acordo com a legislação de acessibilidade da cidade de São Paulo. Pessoas com necessidades especiais e idosos receberam pulseiras de identificação para que fossem observados de perto e atendidos. Os 11.500 inscritos receberam um Kit composto de:...