Grandes empresas apoiam iniciativas em Responsabilidade Social e realizam projetos em benefício aos brasileiros

Exclusivo: Dirigentes de grandes grupos empresariais falam sobre a importância em atuar em várias frentes na ação do bem.

Olga Mendes, assistente social

A matriz do Grupo Patrus Transportes está em Contagem (MG), mas funcionam cerca de 75 unidades com milhares de funcionários. São 45 anos de trabalho e de colaboração para o desenvolvimento econômico do país. Nesse tempo, as ações de ajuda ao próximo, inclusive dentro da grande equipe de colaboradores, foram se aprimorando.

Segundo Olga Mendes, assistente social e responsável pelos projetos realizados pelo grupo, foi criado o Instituto Marum Patrus, com a missão de investir na solidariedade também no entorno das unidades. “Um dos nossos objetivos é promover a capacitação profissional, a geração de renda, principalmente dos jovens”, diz Olga Mendes.

Além de contratar centenas de pessoas com deficiência, o Grupo Patrus utiliza as Leis de Incentivo Fiscal para projetos sociais e de assistência em vários Estados brasileiros. “As Leis de Incentivo Fiscal são muito importantes por conta da condição de acompanhamento dos projetos e da transparência na prestação de contas. Os tributos têm destino satisfatório. Através das Leis, a empresa consegue fazer a diferença em prol das comunidades mais carentes na prática. Sem contar com o destaque em marketing social”, ressalta Olga Mendes.

Diretor Presidente da Cargill se emociona ao falar sobre ações sociais da empresa.

Luiz Pretti – Diretor Presidente da Cargill

Luiz Pretti fala com orgulho das iniciativas sociais realizadas pela maior empresa americana no Brasil, principalmente no reconhecimento da diversidade de raça e gênero. O diretor presidente diz que 35% dos 10 mil funcionários das 23 Fábricas do Grupo no país são negros ou pardos. E ele vai além: “Temos um Comitê de Diversidade.

Incentivamos essa participação dentro da empresa para acabar com todo o preconceito”. Luiz Pretti conta que, para quebrar com qualquer tipo de discriminação, a Cargill está contratando transexuais. “Nosso ambiente é de igual para igual”, diz. A matriz do Grupo fica em Minneapolis, Estados Unidos, e está no Brasil há 53 anos, trabalhando também em prol das comunidades carentes e da sustentabilidade.

Compartilhar