fbpx

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência - O exemplo de Ivan de Oliveira Freitas LS Nogueira

Compartilhar

Cultura / Desporto / LS News / Notícias / PIE

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência – O exemplo de Ivan de Oliveira Freitas

 

Para o campeão mundial de Futebol de 5, “Sem as Leis de Incentivo ao Esporte, Associações de base não existiriam no Brasil”

Ivan de Oliveira Freitas tem 47 anos e uma história incrível para contar até chegar aos pódios de campeão na modalidade Futebol de 5.  Ele nasceu com deficiência visual parcial, mas aos 6 anos, ficou totalmente cego. Encontrou amparo e preparo na Fundação Padre Chico e aos 16 anos resolveu alçar voos mais altos.

 

No CESEC – Centro de Emancipação Social e Desportiva para Cegos intensificou seus treinos no futebol e decidiu formar-se em Educação Física. “Meu curso era em uma universidade convencional. Não tinha material adequado (braile) e as bolas das aulas práticas não tinham guizo. Não era nada fácil”, diz o atleta, hoje diretor-financeiro da APADV – Associação de Pais e Amigos de Portadores de Deficiências Visuais. Mesmo assim ele não desanimou nunca. Foi professor de educação física em escolas convencionais até tornar-se Campeão mundial do Futebol de 5, Bicampeão da Copa América e Bicampeão Latino Americana. “Deficiência não é sinônimo de limitação O Importante é acreditar na nossa potencialidade e superar o pré-conceito da família e da sociedade”.

 

Ivan de Oliveira Freitas sofreu isso na pele. A mãe morreu quando ele tinha 7 anos de idade e a avó, para protegê-lo, não queria que saísse de casa. “Eu saia mesmo assim”, diz brincando.  Nessa trajetória de sucesso, o paratleta agradece, principalmente, o apoio via Leis de Incentivo Fiscal. “As Leis, tanto a paulista com a federal, dão vida as entidades formadoras. Proporcionam melhor qualidade de treinamento, fidelidade e organização. Além disso, o retorno de marca e mídia é certo para as empresas que utilizam os incentivos para ajudar os atletas com deficiência”, afirma Ivan de Oliveira Freitas.

Compartilhar