fbpx

Como doar - LS Nogueira

 

Como funciona?

As Leis de Incentivos Fiscais são políticas público-privadas e permitem que empresas que são tributadas no Lucro Real tenham a oportunidade de aplicar seus impostos em ações culturais, sociais, esportivas e saúde. Difundindo em regiões extremas, projetos que beneficiam a população.

Existem três modos de utilizar as leis de incentivo:

Doação – Processo onde a empresa apoia a ação pela relevância da instituição. Neste molde, entram as leis de incentivo a Criança, idoso, combate ao câncer e apoio a projetos de acessibilidade. Neste modelo, as instituições não são obrigadas a dar contrapartida.

Patrocínio – O patrocínio é uma modalidade onde a empresa apoia o projeto levando em consideração se a mensagem passada e valores morais do projeto se alinham a marca e nossa atual ética social. Este modelo geralmente é utilizado no Esporte e na Cultura.

Investimento – O investimento é a modalidade onde nosso governo permite que empresários utilizem parte do Imposto de Renda para fomentar exclusivamente o cinema nacional. Através deste incentivo ele estimula injeção de recursos e aquecimento deste mercado e geração de emprego e renda. Para a empresa, ela recebe retorno financeiro, exposição de marca e participação em ganhos futuros do filme.

O processo é simples. As Leis do Idoso, Crianças e Adolescente, combate ao câncer e apoio ao PCD funcionam através de fundos municipais e para efetuar a doação, iremos apresentar propostas de projetos sociais que se encaixem com o objetivo da sua empresa, o projeto sendo escolhido, a doação será destinada para a conta da Instituição.

Clique nos Ícones para obter mais informações

Então, seguem informações que devemos nos atentar ao utilizar a Lei:

  • Conhecer missão da instituição que deseja ajudar e sua situação fiscal e tributária.
  • Caso esteja de acordo, precisará do número da conta do fundo mais os modelos de carta que o fundo aceita para indicar qual projeto e instituição deve receber a doação.
  • Feito isto, o fundo emitirá os recibos que servirão para a futura declaração deste recurso.

O processo de patrocínio da Lei de Incentivo à Cultura e Lei do Deporto são os mais simplificados hoje. Através de contrato firmado, as partes concordam com todas as contrapartidas negociadas dentro do projeto.

Clique nos Ícones para obter mais informações

Para utilizar, siga os passos a seguir:

  • Selecione o projeto que deseja apoiar, negocie quais contrapartidas ele pode oferecer por seu valor de patrocínio.
  • Depois de definidas as contrapartidas, a empresa pode programar em quantas parcelas e em qual época do ano fará seu aporte. Registrar tudo em contrato e então, realizar o deposito.
  • Através da transferência bancaria o patrocinador consolida o ato e o proponente deve enviar em tempo hábil seu recibo de mecenato.

Graças a criação da Lei do Audiovisual, o Brasil pode incentivar empresas cinematográficas nacionais a produzirem conteúdo para fazer frente a grandes grupos estrangeiros. Um dos mercados com maior potencial gerador de empregos diretos e indiretos.

O investimento acontece através de contrato firmado entre apoiador e produtora cinematográficas homologadas na Ancine que possuam produções aprovadas.

Somente agências autorizadas pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) podem comercializar as cotas destes filmes e emitir Certificado de Investimento.

Para investir, siga os passos a seguir:

  • Selecione o projeto que deseja apoiar, negocie quais contrapartidas ele pode oferecer por seu valor de investimento.
  • Depois de definidas as contrapartidas, a empresa pode programar em quantas parcelas e em qual época do ano fará seu aporte. Registrar tudo em contrato e então, realizar o deposito.
  • Através da transferência bancaria o patrocinador consolida o ato e o proponente deve enviar em tempo hábil seu recibo de investimento.